Educação Maquiavélica: Seu Filho como Meio para um Fim

Ref: 978-85-5507-500-1

Não há como educar sem transmitir ideologias. Mas se é assim, por que ignoramos isso? Dia após dia as crianças são doutrinadas, abandonando os valores de seus responsáveis. E que susto levam esses ao perceberem que os seus mudaram de forma irreversível. Seria evitável essa mudança? São inúmeros fatores que acarretam na transformação do pequeno menino ao homem irresponsável ou da delicada mocinha à mulher inconsequente.E se existe alguma maneira de controlar essa transformação, não poderia ser outra senão a de Nicolau Maquiavel. Não é mero acaso encontrar trechos parecidos com os de sua obra neste livro, é esperado. Afinal, O Príncipe revela dicas muito úteis para aqueles que querem se tornar ou se proteger de tiranos. E mais fácil do que curvar um homem adulto, não seria fazer rastejar uma criança? Não é por outro motivo que a educação tornou-se a melhor ferramenta para obtenção de poder. E ela está nas mãos de quem agora? Nas suas?O resto de minha esperança reside em uma pequena chance: a de que percebendo como se relacionam os homens, você queira ter o direito de se precaver. Dê um peixe a um homem e ele se alimentará por um dia. Ensine para uma criança que pescar é errado e ela morrerá de fome.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 22,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-5507-500-1


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 30/04/2019


Número de páginas: 125


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 12 cm


Comprimento: 18 cm


Altura: 2 cm


1. Ludwick Bolach.

Não há como educar sem transmitir ideologias. Mas se é assim, por que ignoramos isso? Dia após dia as crianças são doutrinadas, abandonando os valores de seus responsáveis. E que susto levam esses ao perceberem que os seus mudaram de forma irreversível. Seria evitável essa mudança? São inúmeros fatores que acarretam na transformação do pequeno menino ao homem irresponsável ou da delicada mocinha à mulher inconsequente.
E se existe alguma maneira de controlar essa transformação, não poderia ser outra senão a de Nicolau Maquiavel. Não é mero acaso encontrar trechos parecidos com os de sua obra neste livro, é esperado. Afinal, O Príncipe revela dicas muito úteis para aqueles que querem se tornar ou se proteger de tiranos. E mais fácil do que curvar um homem adulto, não seria fazer rastejar uma criança? Não é por outro motivo que a educação tornou-se a melhor ferramenta para obtenção de poder. E ela está nas mãos de quem agora? Nas suas?
O resto de minha esperança reside em uma pequena chance: a de que percebendo como se relacionam os homens, você queira ter o direito de se precaver. Dê um peixe a um homem e ele se alimentará por um dia. Ensine para uma criança que pescar é errado e ela morrerá de fome.