Passageiro do Instante

Ref: 978-85-473-3086-6

Em Passageiro do instante a autora extravasa sentimentos, indagações e reflexões sobre diversos temas por meio de palavras que a inspiraram na elaboração dos poemas desta compilação. “Passageiro do instante”, o primeiro da coletânea, foi eleito como título do livro por expressar uma das principais inquietações da autora em relação à rapidez com que cada momento flui na vida, o quanto esta é forte e frágil, e deve ser valorizada e compartilhada com outrem. A passagem por tempo cronometrado, incondicionalmente, torna-se repleta de significado àqueles que buscam nas artes dimensão mais profunda ao sentido da existência. A proposital sequência aleatória dos poemas ambiciona a liberdade de pensar e refletir sobre cada conteúdo subsequente, proporcionando o fator surpresa ao leitor. Em síntese, a autora pretende compartilhar emoções com leitores que apreciam poemas, assim como reflexões sobre temas universais, na busca de autoconhecimento e convivências humana e com a natureza mais adequadas e edificantes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 38,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3086-6


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 17/06/2019


Número de páginas: 83


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Regina Maria Innocencio Ruscalleda.

Em Passageiro do instante a autora extravasa sentimentos, indagações e reflexões sobre diversos temas por meio de palavras que a inspiraram na elaboração dos poemas desta compilação. “Passageiro do instante”, o primeiro da coletânea, foi eleito como título do livro por expressar uma das principais inquietações da autora em relação à rapidez com que cada momento flui na vida, o quanto esta é forte e frágil, e deve ser valorizada e compartilhada com outrem. A passagem por tempo cronometrado, incondicionalmente, torna-se repleta de significado àqueles que buscam nas artes dimensão mais profunda ao sentido da existência. A proposital sequência aleatória dos poemas ambiciona a liberdade de pensar e refletir sobre cada conteúdo subsequente, proporcionando o fator surpresa ao leitor. Em síntese, a autora pretende compartilhar emoções com leitores que apreciam poemas, assim como reflexões sobre temas universais, na busca de autoconhecimento e convivências humana e com a natureza mais adequadas e edificantes.