Sinaes: Sistema de Avaliação ou Verificação de Desempenho?

Ref: 978-85-473-3161-0

Este livro versa sobre o papel do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes e suas modalidades: o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG) e a Autoavaliação (Avalies) na regulação e supervisão da educação superior no Brasil. São desenvolvidos três focos de investigação. No primeiro, o autor analisa a operacionalização das modalidades do Sinaes e o processo que levou à centralidade do Enade e seus índices de desempenho. No segundo, são comparados os processos de avaliação realizados pelo Brasil e Portugal, a fim de pesquisar as similaridades e diferenças dos dois sistemas. No terceiro, é realizada uma análise das relações entre insumos: percentual de mestres e doutores, Organização Didático-Pedagógica, Infraestrutura, Regime de Trabalho e o desempenho dos estudantes do triênio 2008-2010 do Enade em 55 áreas de cursos de graduação, nos seguintes estratos: região federativa, organização acadêmica e categorias administrativas das instituições. Trata-se do primeiro estudo de um ciclo trienal do Enade, que avaliou objetivamente suas potencialidades e limitações no âmbito das demais modalidades do sistema. Ao final o autor propõe três cenários possíveis para o Sinaes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 68,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3161-0


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 18/06/2019


Número de páginas: 183


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Leo Lynce Valle de Lacerda.

Este livro versa sobre o papel do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes e suas modalidades: o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG) e a Autoavaliação (Avalies) na regulação e supervisão da educação superior no Brasil. São desenvolvidos três focos de investigação. No primeiro, o autor analisa a operacionalização das modalidades do Sinaes e o processo que levou à centralidade do Enade e seus índices de desempenho. No segundo, são comparados os processos de avaliação realizados pelo Brasil e Portugal, a fim de pesquisar as similaridades e diferenças dos dois sistemas. No terceiro, é realizada uma análise das relações entre insumos: percentual de mestres e doutores, Organização Didático-Pedagógica, Infraestrutura, Regime de Trabalho e o desempenho dos estudantes do triênio 2008-2010 do Enade em 55 áreas de cursos de graduação, nos seguintes estratos: região federativa, organização acadêmica e categorias administrativas das instituições. Trata-se do primeiro estudo de um ciclo trienal do Enade, que avaliou objetivamente suas potencialidades e limitações no âmbito das demais modalidades do sistema. Ao final o autor propõe três cenários possíveis para o Sinaes.