Do Cultivo de Si ao Mundo Distribuído: Práticas Políticas em Rede

Ref: 978-85-473-2697-5

Do cultivo de si ao mundo distribuído. práticas políticas em rede parte da noção do cuidado de si desenvolvida por michel foucault, cujos desdobramentos das relações de poder e saber implicam a forma como o sujeito contemporâneo, por meio da tecnologia e facilidade de acesso aos dispositivos móveis, pode fazer escolhas que lhe permitem administrar sua vida e influenciar a dos outros. Entretanto, somos suficientemente livres para selecionar o que deve ou não atravessar nossa vida pessoal, social, política e econômica? O livro propõe-se a responder a essa questão e problematizar até que ponto nossas escolhas e ações podem ser concebidas como potencializadoras da vida em todos os sentidos e não o contrário. Destinado a estudantes, pesquisadores, acadêmicos, políticos, agentes governamentais de políticas públicas, ativistas e influenciadores digitais e público em geral, drica guzzi propõe uma reflexão sobre uma visão ética perante a vida, que diz respeito a como afetamos e somos afetados nos encontros que procuramos estabelecer e à capacidade de discernir o que nos fortalece ou nos enfraquece, o que compõe conosco ou não, no mundo cada vez mais híbrido e conectado: o mundo distribuído.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 74,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 26,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2697-5


ISBN Digital: 978-85-473-2697-5


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 21/08/2019


Número de páginas: 199


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Adriana de Araujo Guzzi.

Do cultivo de si ao mundo distribuído. práticas políticas em rede parte da noção do cuidado de si desenvolvida por michel foucault, cujos desdobramentos das relações de poder e saber implicam a forma como o sujeito contemporâneo, por meio da tecnologia e facilidade de acesso aos dispositivos móveis, pode fazer escolhas que lhe permitem administrar sua vida e influenciar a dos outros. Entretanto, somos suficientemente livres para selecionar o que deve ou não atravessar nossa vida pessoal, social, política e econômica? O livro propõe-se a responder a essa questão e problematizar até que ponto nossas escolhas e ações podem ser concebidas como potencializadoras da vida em todos os sentidos e não o contrário. Destinado a estudantes, pesquisadores, acadêmicos, políticos, agentes governamentais de políticas públicas, ativistas e influenciadores digitais e público em geral, drica guzzi propõe uma reflexão sobre uma visão ética perante a vida, que diz respeito a como afetamos e somos afetados nos encontros que procuramos estabelecer e à capacidade de discernir o que nos fortalece ou nos enfraquece, o que compõe conosco ou não, no mundo cada vez mais híbrido e conectado: o mundo distribuído.