O Vampiro à Sombra do Mal: A Fluidez do Lugar da Figura Mítica na Literatura

Ref: 978-85-473-3550-2

O enorme fascínio pela figura do vampiro é tão duradouro quanto sua própria existência. Tendo suas origens em figuras mitológicas e folclóricas de diversas partes do globo, o vampiro é hoje um astro midiático, apropriado pela cultura popular de massa. Ele encanta e é desejado, ocupando lugares radicalmente diferentes daqueles por ele ocupados em sua gênese literária, quando era travestido de um morto-vivo perigoso e fundamentalmente representativo do mal. Através de um olhar para obras clássicas e contemporâneas da literatura vampiresca – em diálogo com a religião, a filosofia e a crítica literária – este livro se propõe a observar e refletir sobre o contínuo processo de transfiguração do vampiro, no que se liberta das amarras que o confinava no lugar fixo do antagonista, para então ocupar lugares inéditos na contemporaneidade, fora da clausura da escuridão, mas sempre pairando à sombra do mal. O livro de Thiago Sardenberg, com prefácio assinado por Maria Conceição Monteiro – referência em pesquisas do gótico e do inumano na literatura – é leitura indicada para todos aqueles interessados em explorar o universo sombrio do vampiro literário, seja por interesse acadêmico ou como pura e eletrizante fonte de entretenimento.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3550-2


ISBN Digital: 978-85-473-3551-9


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 03/09/2019


Número de páginas: 195


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Thiago Sardenberg.

O enorme fascínio pela figura do vampiro é tão duradouro quanto sua própria existência. Tendo suas origens em figuras mitológicas e folclóricas de diversas partes do globo, o vampiro é hoje um astro midiático, apropriado pela cultura popular de massa. Ele encanta e é desejado, ocupando lugares radicalmente diferentes daqueles por ele ocupados em sua gênese literária, quando era travestido de um morto-vivo perigoso e fundamentalmente representativo do mal. Através de um olhar para obras clássicas e contemporâneas da literatura vampiresca – em diálogo com a religião, a filosofia e a crítica literária – este livro se propõe a observar e refletir sobre o contínuo processo de transfiguração do vampiro, no que se liberta das amarras que o confinava no lugar fixo do antagonista, para então ocupar lugares inéditos na contemporaneidade, fora da clausura da escuridão, mas sempre pairando à sombra do mal.

O livro de Thiago Sardenberg, com prefácio assinado por Maria Conceição Monteiro – referência em pesquisas do gótico e do inumano na literatura – é leitura indicada para todos aqueles interessados em explorar o universo sombrio do vampiro literário, seja por interesse acadêmico ou como pura e eletrizante fonte de entretenimento.