Como Avaliar a Satisfação do Aluno com Deficiência no Contexto Acadêmico

Ref: 978-85-473-3278-5

O livro Como avaliar a satisfação do aluno com deficiência no contexto acadêmico aborda questões relevantes e atuais sobre a continuidade da escolarização da pessoa com deficiência, agora no ensino superior. Essa parcela significativa da população enfrenta muitos desafios em todas as etapas e modalidades da educação, desafios esses que têm sido enfrentados tanto pelos seus familiares quanto pela própria pessoa, atuando de forma ativa na sua história. Este livro propõe uma leitura de vários olhares, pois, no contexto do direito de todos à educação, insere no espaço acadêmico do ensino superior questões relativas à acessibilidade de forma ampla, incluindo as atitudes.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 72,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3278-5


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 18/09/2019


Número de páginas: 307


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 23 cm


Comprimento: 16 cm


Altura: 2 cm


1. Elaine Maria Bessa Rebello Guerreiro.

O livro Como avaliar a satisfação do aluno com deficiência no contexto acadêmico aborda questões relevantes e atuais sobre a continuidade da escolarização da pessoa com deficiência, agora no ensino superior. Essa parcela significativa da população enfrenta muitos desafios em todas as etapas e modalidades da educação, desafios esses que têm sido enfrentados tanto pelos seus familiares quanto pela própria pessoa, atuando de forma ativa na sua história. Este livro propõe uma leitura de vários olhares, pois, no contexto do direito de todos à educação, insere no espaço acadêmico do ensino superior questões relativas à acessibilidade de forma ampla, incluindo as atitudes. A disponibilidade de um instrumento de avaliação que possa auxiliar a instituição no cumprimento da legislação quanto aos direitos da pessoa com deficiência, bem como na identificação de “gargalos” que podem levar a uma evasão escolar ou jubilamento desse alunado, já indica a importância desta leitura tanto para estudantes de pós-graduação quanto para professores-pesquisadores na temática em pauta. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, a educação, como dever da família e do Estado, tem como um de seus princípios a “igualdade de condições para o acesso e permanência na escola”, com garantia desse direito ao longo da vida, estando nesse contexto as pessoas com deficiência. Para intervir, precisamos conhecer o contexto estrutural (físico) e não estrutural (operacional e emocional), e isso é a principal contribuição deste livro.