Acidentes Aéreos no Brasil

Ref: 978-85-473-0476-8

A obra Acidentes aéreos no Brasil: redução por meio da formação de professores do Ensino Superior Aeronáutico apresenta os resultados de estudos e investigações sobre o processo de formação de professores do ensino superior aeronáutico brasileiro, com foco nos docentes que atuam nos cursos de graduação tecnológica de Pilotagem Aérea e o impacto de suas ações pedagógicas no processo de formação de aviadores civis, sob o olhar da Teoria da Complexidade, que se mostrou totalmente adequada a esse desafio.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 51,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0476-8


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 245


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Luis Antonio Verona.

A obra Acidentes aéreos no Brasil: redução por meio da formação de professores do Ensino Superior Aeronáutico apresenta os resultados de estudos e investigações sobre o processo de formação de professores do ensino superior aeronáutico brasileiro, com foco nos docentes que atuam nos cursos de graduação tecnológica de Pilotagem Aérea e o impacto de suas ações pedagógicas no processo de formação de aviadores civis, sob o olhar da Teoria da Complexidade, que se mostrou totalmente adequada a esse desafio.

Partindo-se do pressuposto de que a formação docente é a estrutura basilar para o processo de formação de aviadores, isso nos permite afirmar que a relação entre ambos  estabelece-se por meio do processo de formação profissional, com o intuito de capacitar estudantes da pilotagem aérea a planejar com proficiência e julgar pelo conhecimento, para poder decidir de forma assertiva quando diante de uma situação perigosa em voo. A complexidade dessa relação exige, portanto, uma teoria que permita avançar para além do atual modo cartesiano e fragmentado de se formar e ensinar, ou seja, na direção de outro modo ou forma que garanta também a aprendizagem contextualizada e significante ao estudante e aprendiz da pilotagem de aeronaves.

A expectativa é de que a emergência de um novo paradigma educacional, baseado na Teoria da Complexidade, possa contribuir de forma útil para a formação de professores que formam aviadores e, consequentemente, para a redução de acidentes aéreos no Brasil, sem que se tome esse ideal por uma opção única e derradeira. Dessa forma, buscou-se olhar para o processo de formação dos professores que formam os aviadores e sobre suas relações com os fatores contribuintes dos acidentes aéreos, sem preconceitos ou juízos de valores, pois esta é uma obra científica e, como tal, fundamentou-se em parâmetros e dados reais coletados, exaustivamente, junto às suas fontes produtoras, que são as Instituições de Ensino Superior que ofertam cursos de graduação em Pilotagem Profissional de Aeronaves e que podem tornar-se um grande diferencial na prevenção de acidentes aeronáuticos.