O Poder da Empatia: Comunicação e Marketing Cultural em Cenários de Negócios

Ref: 978-85-473-3607-3

Identidade, essencialismo estratégico e cultura popular a serviço da comunicação mercadológica de produtos, bens e serviços. O livro O poder da empatia: comunicação e marketing cultural em cenários de negócios convida o leitor a uma viagem fascinante ao Festival Folclórico de Parintins, no coração da Amazônia, onde empresas como a Coca-Cola procuram associar sua marca ao duelo centenário entre os bois-bumbás Garantido e Caprichoso com objetivo de estabelecer uma relação de afetividade com seu público consumidor. A análise desta busca das organizações para gerar envolvimento das comunidades com seus produtos e converter as manifestações culturais em objetos de negócio é feita pelo prisma da Folkcomunicação e do Folkmarketing, ambas teorias do campo da comunicação genuinamente brasileiras. Boa viagem!


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 27,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-3607-3


ISBN Digital: 978-85-473-3608-0


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 08/11/2019


Número de páginas: 207


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Paula A. Miranda.

2. Severino Alves de Lucena Filho.

Identidade, essencialismo estratégico e cultura popular a serviço da comunicação mercadológica de produtos, bens e serviços. O livro O poder da empatia: comunicação e marketing cultural em cenários de negócios convida o leitor a uma viagem fascinante ao Festival Folclórico de Parintins, no coração da Amazônia, onde empresas como a Coca-Cola procuram associar sua marca ao duelo centenário entre os bois-bumbás Garantido e Caprichoso com objetivo de estabelecer uma relação de afetividade com seu público consumidor. A análise desta busca das organizações para gerar envolvimento das comunidades com seus produtos e converter as manifestações culturais em objetos de negócio é feita pelo prisma da Folkcomunicação e do Folkmarketing, ambas teorias do campo da comunicação genuinamente brasileiras. Boa viagem!