Ensino de História da África e Cultura Afro-Brasileira: Estudos Culturais e Sambas-Enredo

Ref: 978-85-473-3815-2

A música, o canto e a dança nos encantam desde a infância à vida adulta. O livro Ensino de História da África e cultura afro-brasileira: Estudos Culturais e sambas-enredo é um convite aos professores e professoras da educação básica e do ensino superior de História, Artes, Música, Pedagogia, Língua Portuguesa, Sociologia, Filosofia, Educação Física e outras áreas afins; aos sambistas e amantes do samba que desejam aprender sobre a História da África, o povo negro na História do Brasil, as mulheres no universo do samba e a cultura afro-brasileira, por meio dos sambas-enredo das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval carioca (2000-2013). Esta publicação com sambas-enredo e imagens selecionadas dos desfiles das escolas de samba nos apresenta o poder educativo da cultura popular negra na mídia. Com esta obra é possível “brincar” com o carnaval e aprender com o samba, construindo assim caminhos para uma Educação democrática, pautada na diversidade étnica, cultural e social do povo brasileiro, dando visibilidade para a História e cultura africana e afro-brasileira, a fim de combater as diversas práticas de preconceito, discriminação, bullying, racismo e machismo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 75,00 R$ 67,50 10% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3815-2


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 13/11/2019


Número de páginas: 251


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Lúcia da Silva.

A música, o canto e a dança nos encantam desde a infância à vida adulta. O livro Ensino de História da África e cultura afro-brasileira: Estudos Culturais e sambas-enredo é um convite aos professores e professoras da educação básica e do ensino superior de História, Artes, Música, Pedagogia, Língua Portuguesa, Sociologia, Filosofia, Educação Física e outras áreas afins; aos sambistas e amantes do samba que desejam aprender sobre a História da África, o povo negro na História do Brasil, as mulheres no universo do samba e a cultura afro-brasileira, por meio dos sambas-enredo das escolas de samba do Grupo Especial do carnaval carioca (2000-2013). Esta publicação com sambas-enredo e imagens selecionadas dos desfiles das escolas de samba nos apresenta o poder educativo da cultura popular negra na mídia. Com esta obra é possível “brincar” com o carnaval e aprender com o samba, construindo assim caminhos para uma Educação democrática, pautada na diversidade étnica, cultural e social do povo brasileiro, dando visibilidade para a História e cultura africana e afro-brasileira, a fim de combater as diversas práticas de preconceito, discriminação, bullying, racismo e machismo. Na perspectiva dos Estudos Culturais, as pedagogias culturais nos sambas-enredo ensinaram: que de semba se fez samba, a diáspora africana e o tráfico negreiro; a beleza do carnaval carioca; os berços do samba carioca; as lutas e resistências de rainhas e reis africanos, e do povo negro na História do Brasil por meio da trajetória de vida de Zumbi do quilombo de Palmares, Cândido da Fonseca Galvão – Dom Obá II descendente do reino de Oyó, Tia Ciata e outras Tias baianas na Pequena África, Paulo da Portela, Natal da Portela, Clara Nunes, entre outras; a diversidade religiosa e a cultura afro-brasileira; a História da África, como a rainha Agotime do reino de Daomé, as Candaces, a rainha Jinga de Angola, os agudás – os retornados a África, a luta de Nelson Mandela e do povo negro contra o apartheid na África do Sul. O samba, patrimônio cultural do Brasil e a Arte carnavalesca ensinam, “vem comigo, vem com tudo” aprender e ensinar a História da África e a cultura afro-brasileira com música, canto e dança.