Política Nacional para a População em Situação de Rua: Adesão e Desdobramentos no Contexto do Distrito Federal

Ref: 978-85-473-3520-5

O livro Política nacional para a população em situação de rua: adesão e desdobramentos no contexto do Distrito Federal lança um novo horizonte para entender o papel do Estado na efetivação dos direitos às pessoas que vivem nessa condição. A obra apresenta a compreensão sobre o fenômeno em questão tendo por referência autores contemporâneos da teoria social crítica. São destacados os aspectos contraditórios que envolvem a formação do Distrito Federal e sua capital, Brasília, como um território que contribui para segregação socioespacial e aprofundamento das desigualdades. A autora expõe uma análise qualitativa e inovadora sobre o Decreto nº 7.053/2009, que institui a Política Nacional para a População em Situação de Rua, a partir de dois eixos centrais que se referem à sua implantação e à instauração do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional para a População em Situação de Rua (Ciamp Rua). A análise dos dados referentes ao Distrito Federal teve por base os seguintes indicadores: direitos previstos e implementados; abrangência dos direitos; ação intersetorial entre as políticas; gestão e controle social; e financiamento. Por seu conteúdo marcante e linguagem dinâmica, esta leitura torna-se uma excelente fonte de dados destinados ao Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), profissionais, gestores, pesquisadores e demais interessados no tema.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00 R$ 29,40 40% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3520-5


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 21/11/2019


Número de páginas: 183


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Fabrícia da Hora Pereira.

O livro Política nacional para a população em situação de rua: adesão e desdobramentos no contexto do Distrito Federal lança um novo horizonte para entender o papel do Estado na efetivação dos direitos às pessoas que vivem nessa condição. A obra apresenta a compreensão sobre o fenômeno em questão tendo por referência autores contemporâneos da teoria social crítica. São destacados os aspectos contraditórios que envolvem a formação do Distrito Federal e sua capital, Brasília, como um território que contribui para segregação socioespacial e aprofundamento das desigualdades. A autora expõe uma análise qualitativa e inovadora sobre o Decreto nº 7.053/2009, que institui a Política Nacional para a População em Situação de Rua, a partir de dois eixos centrais que se referem à sua implantação e à instauração do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Nacional para a População em Situação de Rua (Ciamp Rua). A análise dos dados referentes ao Distrito Federal teve por base os seguintes indicadores: direitos previstos e implementados; abrangência dos direitos; ação intersetorial entre as políticas; gestão e controle social; e financiamento. Por seu conteúdo marcante e linguagem dinâmica, esta leitura torna-se uma excelente fonte de dados destinados ao Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), profissionais, gestores, pesquisadores e demais interessados no tema.