A Integração da Atividade de Inteligência nas Operações Interagências no Brasil Contemporâneo

Ref: 978-85-473-4170-1

Esta obra trata das forças que interferem na efetividade da integração da atividade de inteligência no contexto das operações interagências no âmbito de um país. Essas forças foram categorizadas por meio de indicadores, os quais foram usados para analisar a operação de desintrusão da Terra Indígena Awá, no Maranhão, para a retirada de pessoas não autorizadas e os últimos grandes eventos ocorridos no Brasil, tais como: a Conferência para o Meio Ambiente Rio+20 em 2012, a Copa das Confederações de FIFA em 2013, a Jornada Mundial da Juventude em 2013 e a Copa do Mundo da FIFA de 2014. A metodologia empregada foi qualitativa e a técnica utilizada foi a etnográfica, já que o pesquisador entrevistou diversos profissionais do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN) a fim de coletar dados que pudessem relacionar-se com as referências bibliográficas existentes sobre o assunto. O consenso é de que não existe uma agência de inteligência que possa apoiar o processo decisório com efetividade de forma isolada no cenário atual, porque as informações estão dispersas nos distintos órgãos que compõem a administração pública e também no setor privado. Cabe destacar que a atividade de inteligência possui peculiaridades que influenciam tanto os profissionais como as agências, e que fazem da integração da inteligência no ambiente interagências uma ação verdadeiramente complexa. Os resultados obtidos na pesquisa apresentaram indicadores de efetividade relacionados com aspectos legais, organizacionais e culturais. Por fim, é interessante destacar que os grandes eventos ocorridos no Brasil serviram como importantes estudos de caso para a análise dos indicadores.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 56,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-4170-1


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 17/12/2019


Número de páginas: 141


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Túlio Marcos Santos Cerávolo.

Esta obra trata das forças que interferem na efetividade da integração da atividade de inteligência no contexto das operações interagências no âmbito de um país. Essas forças foram categorizadas por meio de indicadores, os quais foram usados para analisar a operação de desintrusão da Terra Indígena Awá, no Maranhão, para a retirada de pessoas não autorizadas e os últimos grandes eventos ocorridos no Brasil, tais como: a Conferência para o Meio Ambiente Rio+20 em 2012, a Copa das Confederações de FIFA em 2013, a Jornada Mundial da Juventude em 2013 e a Copa do Mundo da FIFA de 2014. A metodologia empregada foi qualitativa e a técnica utilizada foi a etnográfica, já que o pesquisador entrevistou diversos profissionais do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN) a fim de coletar dados que pudessem relacionar-se com as referências bibliográficas existentes sobre o assunto. O consenso é de que não existe uma agência de inteligência que possa apoiar o processo decisório com efetividade de forma isolada no cenário atual, porque as informações estão dispersas nos distintos órgãos que compõem a administração pública e também no setor privado. Cabe destacar que a atividade de inteligência possui peculiaridades que influenciam tanto os profissionais como as agências, e que fazem da integração da inteligência no ambiente interagências uma ação verdadeiramente complexa. Os resultados obtidos na pesquisa apresentaram indicadores de efetividade relacionados com aspectos legais, organizacionais e culturais. Por fim, é interessante destacar que os grandes eventos ocorridos no Brasil serviram como importantes estudos de caso para a análise dos indicadores.