Gaia: Um Guia de Recomendações Sobre Design Digital Inclusivo para Pessoas com Autismo

Ref: 978-85-473-3975-3

O livro GAIA: um guia de recomendações sobre design digital inclusivo para pessoas com autismo traz uma abordagem multidisciplinar sobre como desenvolver websites e aplicativos mais acessíveis a pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo. A obra busca equalizar aspectos psicopedagógicos sobre o autismo, mais conhecidos por profissionais de educação e saúde, com requisitos tecnológicos para desenvolver soluções acessíveis, domínio dos profissionais de tecnologia. Com isso, obteve-se o GAIA, um Guia de Acessibilidade de Interfaces Web com foco em aspectos do autismo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3975-3


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 18/12/2019


Número de páginas: 261


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Talita Cristina Pagani Britto Pichiliani.

O livro GAIA: um guia de recomendações sobre design digital inclusivo para pessoas com autismo traz uma abordagem multidisciplinar sobre como desenvolver websites e aplicativos mais acessíveis a pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo. A obra busca equalizar aspectos psicopedagógicos sobre o autismo, mais conhecidos por profissionais de educação e saúde, com requisitos tecnológicos para desenvolver soluções acessíveis, domínio dos profissionais de tecnologia. Com isso, obteve-se o GAIA, um Guia de Acessibilidade de Interfaces Web com foco em aspectos do autismo. O GAIA é um conjunto de 28 recomendações sobre design inclusivo voltado aos aspectos do autismo e é preparado para que possa ser utilizado por profissionais de saúde, de educação especial e de tecnologia, considerando a integração desses profissionais para desenvolver soluções digitais às pessoas com autismo. O percurso percorrido para chegar ao GAIA apresenta descobertas colaterais que trazem reflexões sobre as barreiras existentes ao trabalhar com deficiências e transtornos cognitivos, neuronais ou de aprendizagem no ambiente de tecnologia.