Comédia Grega Antiga: Paz

Ref: 978-85-473-3875-6

Com inspiração na fábula de Esopo, O Escaravelho e a Águia, a peça Paz de Aristófanes conta-nos a história de Zé Parreira, que vai ao Olimpo, montado em um besouro bosteiro, para questionar Zeus acerca da guerra fratricida que estava arruinando os gregos. Só que, ao chegar lá, ele descobre que a deusa Irene, a Paz, está presa.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-3875-6


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 28/01/2020


Número de páginas: 319


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Greice Drumond.

2. Aristófanes.

Com inspiração na fábula de Esopo, O Escaravelho e a Águia, a peça Paz de Aristófanes conta-nos a história de Zé Parreira, que vai ao Olimpo, montado em um besouro bosteiro, para questionar Zeus acerca da guerra fratricida que estava arruinando os gregos. Só que, ao chegar lá, ele descobre que a deusa Irene, a Paz, está presa. Com isso, o herói cômico trata de convocar todos os gregos para ajudar a trazer de volta a paz tão almejada. Após alguma confusão, ele consegue resgatar a Paz e retornar na companhia de duas beldades divinas: Colheita e Comissária de Festas, como símbolos de um novo tempo de abundância e de paz. Paz é uma peça de comédia grega antiga produzida em 421 a. C. por Aristófanes, e, agora, foi traduzida para o português em um estilo coloquial que aproxima o leitor contemporâneo do autor e de sua arte.