Máscaras e Imaginários: Bufão, Commedia Dell’arte e Práticas Espetaculares Populares Brasileiras

Ref: 978-85-473-4646-1

A presente obra vem expor uma pesquisa que possui como ponto de partida as teorias sobre imagem e imaginário, em Bachelard, apoiando-se também na ideia bachelardiana de um Fundo Comum dos Sonhos que se perpetua e se renova mediante um DNA imaginal que punge a realidade por meio de impulsos criativos e atitudes lúdicas, agindo no corpo da pesquisatriz por meio de um processo de imaginação e de, segundo Lecoq, um Fundo Poético Comum. Tais processos de pungências, na realidade objetiva, alastram-se rizomaticamente por toda a história da humanidade, não tendo limites de tempo, cultura, espaço e território.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 87,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 30,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-4646-1


ISBN Digital: 978-85-473-4647-8


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 18/02/2020


Número de páginas: 375


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Joice Agle Brondani.

A presente obra vem expor uma pesquisa que possui como ponto de partida as teorias sobre imagem e imaginário, em Bachelard, apoiando-se também na ideia bachelardiana de um Fundo Comum dos Sonhos que se perpetua e se renova mediante um DNA imaginal que punge a realidade por meio de impulsos criativos e atitudes lúdicas, agindo no corpo da pesquisatriz por meio de um processo de imaginação e de, segundo Lecoq, um Fundo Poético Comum. Tais processos de pungências, na realidade objetiva, alastram-se rizomaticamente por toda a história da humanidade, não tendo limites de tempo, cultura, espaço e território. Advindo de uma esfera imaterial, mas sensível, o DNA imaginal conecta-se aos Bufões, às práticas tradicionais espetaculares populares brasileiras e italianas, mais especificamente, nesta obra, às máscaras dell’arte e é, principalmente, por meio dele e da formação de circuitos musculares e energéticos que é possível acessar as máscaras da commedia dell’arte, fazendo um transcurso pelas técnicas de Bufão, de translocação e transdução caleidoscópicas.