Recursos Hídricos em Minas Gerais: Bacia Hidrográfica do Rio Mucuri

Ref: 978-85-473-4648-5

Da dificuldade econômica vivenciada nas últimas décadas no Vale do Mucuri, pode-se apontar como principal responsável as atividades predatórias contínuas que marcaram a exploração agrícola a partir do século XIX. Tendo como ponto de partida essa formação e seus reflexos que surge em boa hora este livro produzido por várias mãos, dando contornos ainda mais nítidos à questão ambiental dessa região do nordeste mineiro. Em uma costura muito bem alinhavada, a obra aponta dados fundamentais para entender a situação do Mucuri.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-4648-5


ISBN Digital: 978-85-473-4649-2


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 02/03/2020


Número de páginas: 103


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Jairo Lisboa Rodrigues.

2. Luís Ricardo de Souza Corrêa .

Da dificuldade econômica vivenciada nas últimas décadas no Vale do Mucuri, pode-se apontar como principal responsável as atividades predatórias contínuas que marcaram a exploração agrícola a partir do século XIX. Tendo como ponto de partida essa formação e seus reflexos que surge em boa hora este livro produzido por várias mãos, dando contornos ainda mais nítidos à questão ambiental dessa região do nordeste mineiro. Em uma costura muito bem alinhavada, a obra aponta dados fundamentais para entender a situação do Mucuri.
Como um mantra ou uma litania, as causas desse cenário trágico repetem-se ainda hoje: queimadas, uso não adequado de máquinas, utilização indevida de agrotóxicos, a exposição do solo aos agentes de erosão. No entanto, o livro apresenta um alento, um sopro de esperança. A degradação ambiental no Mucuri não sinaliza um panorama de completa inércia. Se o cenário ambiental é alarmante, concomitantemente, apresenta alternativas claras de reversão, perfeitamente possíveis. Depende apenas do ser humano, o que pode significar uma tragédia ou uma apoteose.