Momentos de ser em Virginia Woolf, Clarice Lispector e Alice Munro

Ref: 978-85-473-4559-4

Em momentos de ser em Virginia Woolf, Clarice Lispector e Alice Munro, enfatizam-se traços, não de influência, mas do tratamento que as escritoras dão à memória e à escritura. A aproximação é feita com os momentos de ser, de Virginia Woolf: instantes vividos com intensidade que, retidos na mente, como um choque, revelam novos significados.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-4559-4


ISBN Digital: 978-85-473-4561-7


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 11/03/2020


Número de páginas: 169


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Maria das Graças Gomes Villa da Silva.

Em momentos de ser em Virginia Woolf, Clarice Lispector e Alice Munro, enfatizam-se traços, não de influência, mas do tratamento que as escritoras dão à memória e à escritura. A aproximação é feita com os momentos de ser, de Virginia Woolf: instantes vividos com intensidade que, retidos na mente, como um choque, revelam novos significados. Embora vivendo em contextos diferentes, suas estratégias refletem essas ocorrências. Clarice Lispector busca o instante-já, na rede de pequenos incidentes. Alice Munro, conectando pequenos detalhes, demonstra a desestabilização do cotidiano miúdo das personagens. Adotando a fragmentação, as escritoras rompem com a noção de gênero literário e favorecem a apresentação da angústia e do jogo de vida e morte. O trauma, encapsulado no movimento de recordar, repetir e elaborar, destacado por Freud, movimenta o processo transformador que o trabalho com o tempo, minuciosamente explorado pelas escritoras, exerce para a manifestação do silêncio. Nas obras analisadas, The Waves, de Virginia Woolf, Água viva, de Clarice Lispector, e Open Secrets, de Alice Munro, a vida de mulheres é retratada sempre tendo como foco a busca da identidade, a luta pela ascensão na sociedade e os impasses diante dos desconfortos, das desilusões, da vida e da morte. Esta obra propõe-se a despertar o interesse de estudantes de pós-graduação e graduação e leitores em geral interessados em literatura. Uma leitura indispensável para quem deseja conhecer e entender o trabalho de três grandes escritoras e os caminhos da narrativa romanesca desde o Modernismo até os dias de hoje.