A Medicina Floral de Bach e os Transtornos Emocionais / Mentais

Ref: 978-85-473-4200-5

Durante o curso de preparação e aperfeiçoamento dos florais de Bach, tivemos uma turma transdisciplinar. Entre tantos outros profissionais que ali estavam, percebi a presença marcante de psicólogos e psiquiatras em especial.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 42,00 R$ 37,80 11% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-4200-5


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 13/04/2020


Número de páginas: 69


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rita de Cássia Caixeta Oliveira.

Durante o curso de preparação e aperfeiçoamento dos florais de Bach, tivemos uma turma transdisciplinar. Entre tantos outros profissionais que ali estavam, percebi a presença marcante de psicólogos e psiquiatras em especial. Todos buscavam de forma comprometida e responsável conhecer profundamente a medicina do Dr. Bach, que por ele mesmo foi intitulada de “Medicina do Futuro”.
Diante do interesse de tantos profissionais do sistema convencional de saúde, pude notar que o tratamento com os florais de Bach seria de grande importância enquanto coadjuvante nos tratamentos de ordem emocional e mental, razão maior na qual este livro A medicina floral de Bach e os transtornos emocionais/mentais vai se ocupar.
Conhecer os florais e suas especificações já era, por longa data, do interesse daqueles que sonhavam com sociedades mais equilibradas, em que os indivíduos se sentissem mais realizados e felizes. O autoconhecimento, segundo Dr. Bach, é o caminho para alcançar esse ideal. Assim pensando, ele desenvolveu um sistema natural de tratamento para os sintomas sentimentais e emocionais mais comuns do comportamento humano, identificando uma complexa variedade de tipos de personalidades, bem como tipos de situações vivenciadas.
Considerando o trabalho do Dr. Bach como fonte de prevenção dos desequilíbrios emocionais/mentais, também ele deve ser considerado como um grande coadjuvante nos tratamentos das doenças já instaladas, podendo assim ajudar profissionais que em geral lidam com o comportamento humano, em especial a psicologia e psiquiatria.