Contos e Encantos na Literatura Infantojuvenil Amazonense

Ref: 978-85-473-4188-6

Na obra Contos e encantos da literatura infantojuvenil amazonense, da escritora, o leitor depara-se com Zezé, uma criança que dialoga em 10 narrativas com o pássaro Japiim sobre a história da inteligência; viaja pela floresta num tupé-tapete típico da Amazônia e conversa sobre o romance dos sapos. numa noite de viração, esse protagonista sai à procura da noite verdadeira, quando ele abre o caroço de tucumã saem de dentro dele sapinhos, grilos e uma grande escuridão, era a noite que chegava.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-4188-6


ISBN Digital: 978-85-473-4189-3


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 175


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Delma Pacheco Sicsú.

Na obra Contos e encantos da literatura infantojuvenil amazonense, da escritora, o leitor depara-se com Zezé, uma criança que dialoga em 10 narrativas com o pássaro Japiim sobre a história da inteligência; viaja pela floresta num tupé-tapete típico da Amazônia e conversa sobre o romance dos sapos. numa noite de viração, esse protagonista sai à procura da noite verdadeira, quando ele abre o caroço de tucumã saem de dentro dele sapinhos, grilos e uma grande escuridão, era a noite que chegava. Ele embarca numa viagem com o boto ao fundo dos rios, chegando lá, ele conhece a Iara, a Piraíba, as piranhas, a cobra grande, seres que habitam o imaginário do homem amazônico; apresenta o boto que tem o poder de se transformar em homem, para encantar, seduzir e deixar apaixonadas mulheres que moram próximas ao rio. nosso herói mirim pede o auxílio do Curupira, para resolver o problema do desmatamento da floresta. Para isso, o Curupira faz com que as árvores transformem-se em seres humanos, para assombrar os lenhadores.
Neste livro Contos e encantos na literatura infantojuvenil amazonense temos a história do primeiro grande amor do mundo entre Guaracy (o Sol) e Gixiá (a Lua), que devido à impossibilidade do namoro surge o eclipse; o caso da cobra que foi pega pelos pés porque ela roubava a comida da aldeia; Formosa – a sementinha voadora, embora a protagonista seja a semente de uma árvore típica da Amazônia, ela viaja pelo Brasil mostrando a importância da biodiversidade amazônica e a necessidade de preservar o meio ambiente.
Nessas narrativas amazônicas, os leitores ainda podem sentir os sabores de alguns alimentos da região como o peixe, o beiju, a mandioca, a farinha, o sapo ou o guaraná ralado, o urucum e muitas frutas típicas da região como a goiaba, o cacau, a cuia, o cupuaçu, o jenipapo, o bacuri, o abricó, o biribá, o araçá, açaí, a pupunha e o mapati. Por fim, surgem as casas típicas dos povos que habitam a floresta amazônica e que vivem à margem do rio. Elas são de madeira, cobertas de palha e têm uma varanda. É na varanda dessas casas que o protagonista dessas narrativas conversa com seus amigos Bem-te-vi e Japiim.
Assim sendo, a obra Contos e encantos na literatura infantojuvenil amazonense contempla o fascinante mundo da literatura infantojuvenil por meio das narrativas amazônicas de modo claro, sendo, portanto, essencial a quem deseja iniciar nessa área. Voltada principalmente para professores, pesquisadores, educadores e estudantes da educação básica, de graduação e pós-graduações das áreas de Letras e de Pedagogia.