Na Educação: Olhar do Funcionário como Educador

Ref: 978-65-5523-211-0

Das relações sobre as quais se realiza o processo educativo, busca-se compreender a centralidade das atividades desenvolvidas por professores e funcionários, pedagogos e diretores, distribuídas em atividades específicas e comuns a todos os profissionais da educação; guiando-se e comprometendo-se com a mediação entre os aspectos biológicos do ser humano, psicológicos e relações sociais. Aqui são considerados os conteúdos, os valores e as atitudes que permeiam a prática escolar.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 47,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 16,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5523-211-0


ISBN Digital: 978-65-5523-204-2


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 19/06/2020


Número de páginas: 125


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. José Valdivino de Moraes.

Das relações sobre as quais se realiza o processo educativo, busca-se compreender a centralidade das atividades desenvolvidas por professores e funcionários, pedagogos e diretores, distribuídas em atividades específicas e comuns a todos os profissionais da educação; guiando-se e comprometendo-se com a mediação entre os aspectos biológicos do ser humano, psicológicos e relações sociais. Aqui são considerados os conteúdos, os valores e as atitudes que permeiam a prática escolar.

Busca-se compreender o papel dos educadores nesse mundo contemporâneo da economia, geopolítica e sociedade, com a massificação da comunicação e tecnologia que ao mesmo tempo serve para informar, mas também para manipular.

Neste texto é apontado o papel dos profissionais da educação como condição da qualidade da educação e do Estado como indutor e responsável de oferecer estrutura, carreira digna e condições de trabalho adequado para uma educação social e com direitos humanos.

São apresentadas algumas formulações para compreender o papel dos profissionais da educação, professores e funcionários da educação, no desenvolvimento, seja intelectual, seja afetivo, e na socialização, compreendendo o ser humano como: biológico, psicológico e social.

Aponta-se limites na formação, organização e necessidade de que todos que atuam nos espaços escolares precisam se formar, principalmente, em conhecimentos pedagógicos.