Areias Descartadas de Fundição: Contexto, Gerenciamento e Impacto

Ref: 978-85-8192-957-6

As indústrias de fundição consomem grandes quantidades de matérias-primas e geram proporcionalmente grande quantidade de resíduos. Os principais resíduos gerados no processo de produção são areias, pós de exaustão, refratários e escórias.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-957-6


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 132


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Schirlene Chegatti.

As indústrias de fundição consomem grandes quantidades de matérias-primas e geram proporcionalmente grande quantidade de resíduos. Os principais resíduos gerados no processo de produção são areias, pós de exaustão, refratários e escórias. Destes, a Areia Descartada de Fundição (ADF) compreende aproximadamente 85% da geração, constituída basicamente de uma mistura contendo areia, argila, carvão e material fino. Historicamente, fundições depositam os seus resíduos diretamente no solo. No entanto, estudos e práticas mostram que as ADFs são passíveis de reutilização em várias atividades como na construção de estradas e na construção civil e, comparando os lixiviados obtidos de ADF com lixiviados de solo natural, resultados semelhantes são observados, demonstrando o baixo risco de impacto negativo efetivo ao meio ambiente. Por isso, a caracterização da ADF é importante para determinar a sua melhor condição de gerenciamento, estabelecendo desde a determinação da concentração ideal de matéria-prima, para ser utilizada no processo que favoreça a redução de impacto ambiental ao longo do seu ciclo de vida, até a definição do seu destino final de forma sustentável. Assim, esta obra fornece para as indústrias de fundição ferramentas para melhoria da análise e investigação ambiental para o auxílio na tomada de decisão da melhor alternativa para seu armazenamento e/ou reaproveitamento.