A Política de Financiamento da Educação no Brasil: Uma Análise dos Programas Federais a Partir de Morada Nova no Ceará

Ref: 978-65-5523-003-1

O livro A política de financiamento da educação no Brasil: uma análise dos programas federais a partir de Morada Nova no Ceará lança um novo olhar sobre a antiga relação entre economia e educação. A obra destina-se a estudantes, educadores, pesquisadores e estudiosos interessados na temática do financiamento da educação.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-5523-003-1


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 23/07/2020


Número de páginas: 159


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Carmen Laenia Almeida Maia de Freitas.

O livro A política de financiamento da educação no Brasil: uma análise dos programas federais a partir de Morada Nova no Ceará lança um novo olhar sobre a antiga relação entre economia e educação. A obra destina-se a estudantes, educadores, pesquisadores e estudiosos interessados na temática do financiamento da educação. Durante o texto, o leitor é exposto ao leque de avaliações em larga escala que as escolas do sistema educacional brasileiro estão submetidas; é convidado a compreender as principais características do Taylorismo, do Fordismo e do Toyotismo na organização do trabalho; a conhecer as Teorias do Estado; a diferenciar os modelos de administração burocrático e gerencial; a passear por eventos sobre educação mundo afora; a ocupar-se com os principais programas federais que repassam dinheiro diretamente às unidades escolares e finalmente a analisar as percepções dos atores envolvidos no desenvolvimento das políticas educacionais nos últimos 20 anos no Brasil.
O texto utiliza uma abordagem dialética que vai o tempo todo manipulando e relacionando fatos históricos do passado e do presente. Escrito em uma linguagem direta, apresenta ao mesmo tempo um misto de densidade conceitual e originalidade na escrita, fazendo uso de elementos como quadros, gráficos, tabelas e fotos que organizam dados e informações de forma mais clara e didática; enquanto aspectos conceituais são elencados em quadros, acontecimentos históricos são descritos em formato de linhas do tempo. A obra é um convite à reflexão crítica e continuada sobre a crise estrutural do capital, sobre as mudanças no mundo do trabalho, a reestruturação produtiva, o novo trabalho docente, o gerencialismo, a gestão por resultados, a política de responsabilização, o accountability.