A Voz Silenciada de Trabalhadores da Saúde: Potencialidade a ser Resgatada

Ref: 978-85-473-2477-3

A voz silenciada de trabalhadores da saúde: potencialidade a ser resgatada destina-se a gestores, educadores, trabalhadores e estudantes comprometidos com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2477-3


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 01/09/2020


Número de páginas: 205


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Débora de Souza Santos.

A voz silenciada de trabalhadores da saúde: potencialidade a ser resgatada destina-se a gestores, educadores, trabalhadores e estudantes comprometidos com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde. É produto de pesquisa seriamente conduzida por Débora, que se propõe a trazer para a cena a voz habitualmente silenciada do trabalhador das equipes de Saúde da Família, em seus múltiplos encontros com usuários da saúde para a produção do cuidado. Provoca, assim, visibilidades da perspectiva desse trabalhador, ao escutar as múltiplas experiências vividas nesses processos produtivos. É possível ir acompanhando o lançamento de diferentes mecanismos para a construção de narrativas em busca de enfrentar a dificuldade de trabalhar com o que está oculto, com o que não foi dito e com que não foi nem pensado. Por perceber certo movimento subterrâneo do trabalho vivo em ato, quase clandestino no campo organizacional instituído, Débora consegue apontar questões interessantes que vão dando indícios de que há muita novidade, para além das aparências, na invenção de modos de cuidar nas redes do SUS brasileiro, ali nas Alagoas. Consegue perceber que o trabalhador é um grande inventor, e o usuário é um grande inventor, ali na cotidianidade e na aparente repetição da ordem instituída, quando se vê a criação de novos modos de cuidar e de agir em saúde para quem a vida do outro vale a pena ser vivida.