Criar, Performar, Cartografar: poéticas, Pedagogias e Outras Práticas Indisciplinares do Teatro e da Arte

Ref: 978-65-5523-416-9

O livro Criar, performar, cartografar: poéticas, pedagogias e outras práticas indisciplinares do Teatro e da Arte é uma escrita e a inscrição de um artista-docente-pesquisador inquieto artística, pedagógica e politicamente. E é a outres nesse mesmo “sentimento-estado” que as linhas aqui ensaiadas, provisoriamente enredadas, destinam-se.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 18,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5523-416-9


ISBN Digital: 978-65-5523-399-5


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 09/10/2020


Número de páginas: 155


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Vinícius da Silva Lírio.

O livro Criar, performar, cartografar: poéticas, pedagogias e outras práticas indisciplinares do Teatro e da Arte é uma escrita e a inscrição de um artista-docente-pesquisador inquieto artística, pedagógica e politicamente. E é a outres nesse mesmo “sentimento-estado” que as linhas aqui ensaiadas, provisoriamente enredadas, destinam-se.
Em tentativas (per)formativas, borra-se cartografia, performatividade e formatividade. Os textos e os arranjos de escritas aqui reunidos, em mapeamentos de processos criativos e pedagógicos de teatro e de arte, desenham e registram uma memória viva de diferentes experiências, todas elas em (auto)narrativas criadas e atualizadas a partir de provocações (auto)etnográficas.
O princípio, aqui, é o da arte de cartografar como algo deflagrado por uma empiria, em experiências e experimentações na vida. São compartilhados escritos e escrituras que transitam por entre os campos das Metodologias do Ensino de Arte e, mais especificamente, das Pedagogias do Teatro e da Performance. Assim, cinco cartografias compõem, atualizam(-se) e inauguram um novo mapeamento.
De estruturas, tempos e espaços distintos, esses mapas refletem o princípio que lhes é inerente: a performatividade − ou, como aqui aparece borrado, a (per)formatividade. Juntos, eles refletem um “mergulho na experiência” por aquele que estas linhas escreve e (se) inscreve, por entre percursos pedagógicos e criativos encarnados, em busca de uma poética indisciplinar, engajada, relacional. Assim, o desenho deste livro – tanto quanto as experiências que dispararam sua escrita – só poderia ser indisciplinar: dos textos convencionais, mais à frente, atravessados por programas, poesias e outras escrituras, todas elas performativas.