Saúde Mental Infantil: Fundamentos, Práticas e Formação

Ref: 978-65-5820-058-1

Quais as peculiaridades do campo da saúde mental infantil em suas dimensões históricas, teóricas, técnicas e ético-políticas? Quais saberes se fazem necessários para quem se propõe a atuar na área? Quais as especificidades da formação e como se relacionam com os desafios das práticas?


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 66,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 23,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-058-1


ISBN Digital: 978-65-5820-087-1


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 29/10/2020


Número de páginas: 259


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Vânia Bustamante .

Quais as peculiaridades do campo da saúde mental infantil em suas dimensões históricas, teóricas, técnicas e ético-políticas? Quais saberes se fazem necessários para quem se propõe a atuar na área? Quais as especificidades da formação e como se relacionam com os desafios das práticas?
Esta obra contribui para qualificar o debate em torno dessas questões e traz, na primeira parte, a discussão sobre a medicalização e patologização da infância, a construção de práticas de psicanálise e psicologia do desenvolvimento e o tema do brincar nas suas diferentes abordagens e possibilidades. Na segunda parte é apresentado o Brincando em Família, projeto de ensino, pesquisa e extensão do Instituto de Psicologia da UFBA que oferece cuidado à saúde mental e desenvolvimento a crianças acompanhadas de suas famílias. Os capítulos descrevem como acontecem os atendimentos e como são pensadas as intervenções, incluindo o diálogo com outras instituições, especialmente as escolas. Também são discutidos dados quantitativos que traçam um perfil dos frequentadores. Na terceira e última parte discutem-se possibilidades e desafios para a formação de psicólogos, com base em experiências de extensão e estágios desenvolvidas na UFBA e na UFRB.
Este livro foi produzido com muita dedicação e buscando contribuir para o fortalecimento das práticas de cuidado à saúde mental e de desenvolvimento infantil. Nesse sentido, almeja-se aproximar-se de todos os atores, o que inclui não só gestores, profissionais e estudantes, mas também as próprias crianças e suas famílias. Trata-se ainda de mostrar como a universidade pública, com o tripé que a constitui, pode contribuir com a construção de práticas que ofereçam respostas às necessidades da população.