Beleza e Cirurgia Estética: Representações Sociais dos Estudantes Universitários

Ref: 978-85-473-0223-8

O apelo à boa aparência e a excessiva valorização de padrões de beleza têm influenciado as práticas das pessoas nos cuidados corporais. Diante do poder da imagem nas relações sociais, este livro revela o pensamento de estudantes brasileiros, europeus e chineses, com diferentes formações acadêmicas, acerca da maneira como beleza e cirurgia estética são entendidas e determinam os modos de sentir e relacionar-se com o corpo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0223-8


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 225


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Annamaria Silvana de Rosa .

2. Brigido Vizeu Camargo.

3. Luana Michele da Silva Vilas Bôas.

O apelo à boa aparência e a excessiva valorização de padrões de beleza têm influenciado as práticas das pessoas nos cuidados corporais. Diante do poder da imagem nas relações sociais, este livro revela o pensamento de estudantes brasileiros, europeus e chineses, com diferentes formações acadêmicas, acerca da maneira como beleza e cirurgia estética são entendidas e determinam os modos de sentir e relacionar-se com o corpo. Trata-se, portanto, de um tema relevante que exerce significativa influência diante da maneira de pensar e agir dos sujeitos. A obra visa contribuir para o desenvolvimento científico e fomento de pesquisas realizadas no campo da psicologia social, sobretudo apresenta-se como ferramenta útil para os pesquisadores interessados no uso de programas informacionais que auxiliam na análise de dados quantitativos e qualitativos, bem como na utilização de técnicas de pesquisas em representações sociais, como a rede associativa, que se apresenta como um recurso inovador no Brasil, a partir deste estudo. Num mundo no qual o palco social torna-se cada vez mais competitivo e exigente, a compreensão das representações sociais que envolvem as questões relacionadas ao corpo, através dos objetos sociais pesquisados, apresenta-se como um importante conhecimento acerca das práticas vigentes, que refletem no físico e no psicológico, as dimensões afetivas, normativas e atitudinais envolvidas no comportamento humano.