Autismo e Professores: Diagnóstico Precoce, Inclusão Escolar e Rede de Atenção Psicossocial

Ref: 978-65-250-0288-0

Autismo e professores: diagnóstico precoce, inclusão escolar e rede de atenção psicossocial propõe-se a fomentar reflexões sobre as dinâmicas do trabalho em rede, intersetorial, em saúde pública, envolvendo, em especial, a articulação entre saúde e educação. O transtorno do espectro autista assume protagonismo na discussão, considerando o impacto da importância do diagnóstico e da terapêutica precoces para a melhora funcional e da qualidade de vida dos indivíduos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 47,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-0288-0


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 13/04/2021


Número de páginas: 139


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Cirleine Costa Couto.

Autismo e professores: diagnóstico precoce, inclusão escolar e rede de atenção psicossocial propõe-se a fomentar reflexões sobre as dinâmicas do trabalho em rede, intersetorial, em saúde pública, envolvendo, em especial, a articulação entre saúde e educação. O transtorno do espectro autista assume protagonismo na discussão, considerando o impacto da importância do diagnóstico e da terapêutica precoces para a melhora funcional e da qualidade de vida dos indivíduos.
As páginas conduzirão o leitor ao universo dos professores da educação infantil, navegando na escuta sobre como percebem o autismo na sala de aula, suas motivações, angústias e demandas de apoio envolvendo a abordagem do aluno com o transtorno, além de suas experiências envolvendo o tema. A análise dessas falas levanta instigantes possibilidades sobre o papel dos educadores no diagnóstico precoce do autismo, de sua inserção prática na Rede de Atenção Psicossocial e as estratégias para o trabalho multidisciplinar no contexto da inclusão escolar. Além disso, faz pensar sobre as necessidades de capacitação técnica para o trabalho pedagógico com os alunos autistas e os cuidados indispensáveis voltados à saúde mental dos professores.
A partir do estudo pontual de um exemplo de rede de atenção psicossocial voltada ao diagnóstico do autismo, extrapolou-se a discussão para as práticas eficazes de trabalho em rede, incluindo o matriciamento em saúde mental, sempre com olhar prático, factível, interdisciplinar e intersetorial.