Ilha Invisível: A População de Rua em Pauta

Ref: 978-65-5820-000-0

Ilha invisível: a população de rua em pauta propõe uma reflexão sobre as formas tradicionais de se fazer notícia, os critérios de noticiabilidade e os diferentes formatos para se explorar temáticas de interesse do público.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-000-0


ISBN Digital: 978-65-5820-008-6


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 22/03/2021


Número de páginas: 93


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Lorena Araújo.

2. Matheus Coimbra.

Ilha invisível: a população de rua em pauta propõe uma reflexão sobre as formas tradicionais de se fazer notícia, os critérios de noticiabilidade e os diferentes formatos para se explorar temáticas de interesse do público. Nesse sentido, este livro constrói uma narrativa jornalística de caráter humanizado sobre a população em situação de rua que convive no Centro Histórico de São Luís, capital do estado do Maranhão, de modo a denunciar o descaso, as falhas nas políticas públicas de assistência e o peso da normatividade, que exige dessas pessoas um encaixe social ou as condiciona à exclusão. Incluindo levantamentos e interpretações de dados oficiais do poder público, Ilha Invisível: a população de rua em pauta apresenta a ocupação das ruas como um fenômeno multifacetado, resultado de processos sociais, políticos e econômicos, mas sem relações óbvias de causas e consequências. Desse modo, destacam-se as subjetividades e experiências particulares de cada um que o vivencia, entre aqueles que saíram de casa devido ao rompimento com vínculos familiares, os “malucos de BR” ou quem escolheu viver um “grande amor”. Assumindo a forma de um livro-reportagem interpretativo, são compilados depoimentos e fotografias de pessoas em situação de rua, além de comerciantes, moradores e turistas que compõem o cenário histórico da cidade. Assim, “pessoas invisíveis” tornaram-se pauta e protagonistas dessa grande reportagem, evidenciando seus modos de vida, suas condições, alegrias, sonhos e frustrações. Por fim, este livro oferece aos seus leitores a sensação de viver um pouco de cada história, promovendo a sensibilização e o incentivo à mobilização social.