TDAH, Família e Criança: Contribuições Psicanalíticas

Ref: 978-65-250-0763-2

TDAH, família e criança: contribuições psicanalíticas aventura-se a compreender como a experiência de mães de crianças diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) se relaciona ao desenvolvimento emocional dessas crianças, lançando mão da psicanálise winnicottiana para o entendimento desse vínculo. A atualidade dessa teoria e a sua relevância podem ser observadas no transcorrer da obra.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 58,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-0763-2


ISBN Digital: 978-65-250-0749-6


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 20/07/2021


Número de páginas: 187


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Paula Mucha Tonetto.

2. Valeria Barbieri.

TDAH, família e criança: contribuições psicanalíticas aventura-se a compreender como a experiência de mães de crianças diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) se relaciona ao desenvolvimento emocional dessas crianças, lançando mão da psicanálise winnicottiana para o entendimento desse vínculo. A atualidade dessa teoria e a sua relevância podem ser observadas no transcorrer da obra.
O livro retrata quatro estudos de casos de duplas compostas por mães e filhos. Cada um deles apresenta a sua peculiaridade: quando o TDAH é acompanhado de tendências antissociais, de dificuldades de aprendizagem, de depressão materna e quando ocorre em meio a dificuldades de relacionamento conjugal, garantindo-se, assim, a riqueza ilustrativa decorrente dessa diversidade do material clínico. Nessas condições, o livro é uma ferramenta de auxílio para profissionais da saúde, educadores, pais e interessados no desenvolvimento emocional.
O TDAH se apresenta como um dos mais conhecidos transtornos do neurodesenvolvimento na infância, caracterizado por desatenção, hiperatividade e impulsividade. A terminologia encontra-se em construção, havendo contínuas mudanças em sua nomenclatura; frequentemente, é publicada uma nova pesquisa quanto à etiologia, ao diagnóstico e à terapêutica. No entanto, poucos são os estudos psicanalíticos que se ocuparam dessa temática. Uma vez que o desenvolvimento da personalidade tem os seus alicerces mais sólidos nas vivências da criança junto à família, conhecer as experiências dos pais e/ou cuidadores na sua relação com a criança que sofre de TDAH abre perspectivas para a construção de novas formas de compreensão e tratamento junto ao público infantil e seus familiares.