Vozes e Vidas de Jovens Escolares LGBTQIA+

Ref: 978-65-250-1151-6

A obra Vozes e vidas de jovens escolares LGBTQIA+ insere-se no campo da educação em sexualidade, na perspectiva da promoção da saúde e dos direitos humanos. Por meio de uma escrita envolvente, ilustra trajetórias escolares e experiências afetivossexuais de jovens LGBTQIA+ participantes de um projeto de educação em sexualidade em uma escola do Distrito Federal. O livro é baseado em relatos de jovens LGBT que coordenaram um projeto premiado pela Unesco em 2002 e que, durante 18 anos, promoveu ações de educação em sexualidade, promoção da saúde e direitos humanos em espaço escolar, atualmente transformado em uma Organização Não Governamental (ONG).


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1151-6


ISBN Digital: 978-65-250-1172-1


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 09/09/2021


Número de páginas: 185


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Sandra Carvalho Cavalcante Freitas.

2. Ximena Pamela Claudia Díaz Bermúdez.

3. Edgar Merchán-Hamann.

A obra Vozes e vidas de jovens escolares LGBTQIA+ insere-se no campo da educação em sexualidade, na perspectiva da promoção da saúde e dos direitos humanos. Por meio de uma escrita envolvente, ilustra trajetórias escolares e experiências afetivossexuais de jovens LGBTQIA+ participantes de um projeto de educação em sexualidade em uma escola do Distrito Federal. O livro é baseado em relatos de jovens LGBT que coordenaram um projeto premiado pela Unesco em 2002 e que, durante 18 anos, promoveu ações de educação em sexualidade, promoção da saúde e direitos humanos em espaço escolar, atualmente transformado em uma Organização Não Governamental (ONG). As duas jovens e o jovem participantes da pesquisa, que contaram suas histórias, foram uma mulher trans, uma mulher cis lésbica e um homem cis gay. As histórias “O menino que conversava com as árvores” (Luca, homem cis gay), “Sou voz e falo o que nunca tive oportunidade de falar!” (Adeline, mulher cis lésbica) e “Corri para fugir do frio, andei para fugir da vida, fui embora para fugir de mim!” (Joyce, mulher trans) resumem, de maneira intrigante, por vozes constantemente silenciadas, a revolução, a superação e o fortalecimento de novas jornadas a partir de vivências significativas em espaço escolar. O livro é resultado de pesquisa compreensiva e etnográfica realizada no espaço que, pelo menos durante quase duas décadas, foi habitat de experiências, sonhos e realizações como educadora. Este livro promove e estimula reflexões em educadores, estudantes e demais atores da comunidade escolar, gestores de políticas públicas de saúde e educação para juventude e interessados no tema. Por fim, exalta a resistência e a importância da permanência de projetos de educação em sexualidade, promoção da saúde e direitos humanos em escolas.