A Emergência de Novas Subjetividades em Ecovilas: A Saga da Vida Comunitária e da Preservação Ambiental

Ref: 978-65-250-1506-4

A obra A emergência de novas subjetividades em ecovilas: a saga da vida comunitária e da preservação ambiental analisa e compara as subjetividades que emergem do cotidiano de três ecovilas (duas localizadas na Suíça e uma no Brasil). Fruto de uma imersão na vida diária dos moradores locais, o autor consegue extrair da convivência a forma com que elas constroem suas vidas comunitárias e sua relação com o meio ambiente, além de se aprofundar em seus mundos subjetivos. Dessas relações surgem diversas descobertas, sobre como a escolha dessas pessoas de se lançarem no projeto para construir um mundo mais sustentável ambiental e socialmente, interfere na própria constituição de suas formas de ser, pensar e agir.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 42,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1506-4


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 17/09/2021


Número de páginas: 125


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Luiz Guilherme Mafle Ferreira Duarte.

A obra A emergência de novas subjetividades em ecovilas: a saga da vida comunitária e da preservação ambiental analisa e compara as subjetividades que emergem do cotidiano de três ecovilas (duas localizadas na Suíça e uma no Brasil). Fruto de uma imersão na vida diária dos moradores locais, o autor consegue extrair da convivência a forma com que elas constroem suas vidas comunitárias e sua relação com o meio ambiente, além de se aprofundar em seus mundos subjetivos. Dessas relações surgem diversas descobertas, sobre como a escolha dessas pessoas de se lançarem no projeto para construir um mundo mais sustentável ambiental e socialmente, interfere na própria constituição de suas formas de ser, pensar e agir.

O livro lança novos olhares sobre a construção da subjetividade em ecovilas, promovendo o diálogo entre as estratégias de governo criadas por cada comunidade e o exercício realizado por seus moradores na busca (ou não) de se desenvolverem enquanto sujeitos mais conscientes das suas individualidades, das suas relações interpessoais e das suas interferências na natureza.

Ao longo das páginas, entramos em contato com as alegrias, tristezas, transformações e conflitos que esse modelo de vida, que vem crescendo ao redor do mundo e visa enfrentar os desafios atuais do isolamento social e da degradação ambiental, pode gerar. Por seu conteúdo e sua linguagem direta e dinâmica, esta leitura traz um potencial reflexivo e prático para as pessoas que desejam promover ou já promovem novos modelos de vida mais sustentáveis e serve de fonte para todos os interessados na construção de contextos que promovam melhor interação social, autoconhecimento e preservação do meio ambiente concomitantemente.