A Etnomatemática Aplicada a Pedagogia da Alternância nas Escolas Famílias Agrícolas do Piauí

Ref: 978-65-250-1595-8

O ensino de Matemática na educação básica tem despertado interesse dos docentes e pesquisadores da área face às problemáticas evidenciadas no cotidiano da sala de aula e nos exames nacionais de avaliação, como evasão, carência de docentes habilitados, obstáculos no ensino-aprendizagem, descontextualização dos conteúdos, dentre outras. Ações têm sido desenvolvidas com o intuito de suplantar tais problemáticas, que vão desde a oferta de cursos de graduação modulados até atividades de formação continuada para docentes e produção de material didático adaptado a realidades específicas. Nesse contexto, emergem propostas como a aplicação dos princípios pedagógicos da Etnomatemática em articulação com os pressupostos teórico-metodológicos da Pedagogia da Alternância, visando à relação teoria-prática no ensino-aprendizagem em Matemática.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1595-8


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 28/10/2021


Número de páginas: 145


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Cláudia Lúcia Alves.

O ensino de Matemática na educação básica tem despertado interesse dos docentes e pesquisadores da área face às problemáticas evidenciadas no cotidiano da sala de aula e nos exames nacionais de avaliação, como evasão, carência de docentes habilitados, obstáculos no ensino-aprendizagem, descontextualização dos conteúdos, dentre outras. Ações têm sido desenvolvidas com o intuito de suplantar tais problemáticas, que vão desde a oferta de cursos de graduação modulados até atividades de formação continuada para docentes e produção de material didático adaptado a realidades específicas. Nesse contexto, emergem propostas como a aplicação dos princípios pedagógicos da Etnomatemática em articulação com os pressupostos teórico-metodológicos da Pedagogia da Alternância, visando à relação teoria-prática no ensino-aprendizagem em Matemática.

Pensando nisso, a autora deste livro investiga de que maneira os princípios pedagógicos da Etnomatemática se articulam com os pressupostos teóricos-metodológicos da Pedagogia da Alternância nas Escolas Famílias Agrícolas do Piauí. O livro traz aos leitores a perspectiva dos professores que ministram a disciplina Matemática nessas escolas, no contexto da Pedagogia da Alternância. A partir dos dados produzidos é possível perceber que a compreensão dos interlocutores desta pesquisa acerca da educação do campo refere-se a uma educação relacionada com a realidade do aluno, da família e da comunidade que o cerca, valorizando os saberes oriundos de sua cultura, de sua vivência, exigindo assim um ensino de Matemática que seja feito de forma contextualizada, trabalhado a partir do conhecimento empírico que o aluno traz consigo, procurando compreender o saber/fazer desse sujeito e proporcionando uma construção e reconstrução do conhecimento.

A Etnomatemática surge como mais um auxílio ao ensino dessa disciplina, que vem se mostrando ao longo dos anos como a grande vilã no que se refere à aprovação/reprovação e à evasão dos alunos nas instituições de ensino, em especial dos alunos do campo. Assim, tanto a proposta metodológica da Etnomatemática quanto da Pedagogia da Alternância buscam um novo fazer nas práticas da educação campesina, haja vista que ambas valorizam os saberes oriundos do sujeito do campo.