Mente, Mundo e Ciborgues Naturais: Andy Clark para Além do Cérebro

Ref: 978-65-250-1598-9

Mente, mundo e ciborgues naturais: Andy Clark para além do cérebro é um daqueles livros que nasce a partir de um desafio ousado: lançar luz sobre uma tese viva, em constante movimento e construção, assim como aquilo que ela mesma postula. A saber: uma mente estendida, que se mistura naturalmente entre ação e percepção, entre mundo, corpo e processos cerebrais e mentais. Uma nova compreensão da cognição que desvela diante de nós um universo uno e, ao mesmo tempo, complexo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1598-9


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 29/10/2021


Número de páginas: 213


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Amanda Luiza Stroparo.

Mente, mundo e ciborgues naturais: Andy Clark para além do cérebro é um daqueles livros que nasce a partir de um desafio ousado: lançar luz sobre uma tese viva, em constante movimento e construção, assim como aquilo que ela mesma postula. A saber: uma mente estendida, que se mistura naturalmente entre ação e percepção, entre mundo, corpo e processos cerebrais e mentais. Uma nova compreensão da cognição que desvela diante de nós um universo uno e, ao mesmo tempo, complexo. O passado da evolução, da nossa intrínseca e oportuna exploração e incorporação do ambiente e de todas as suas ferramentas, bem como da construção da linguagem como a conhecemos, unifica-se com o presente de nossos artefatos e tecnologias atuais, apontando, por fim, para um futuro não tão distinto em termos ontológicos: somos naturalmente ciborgues, sempre misturados, apoiados, sustentados e potencializados por tudo o que nos rodeia. É esse o percurso desta obra, partindo de teorias cerebrocentristas que escolheriam negligenciar a natureza sistêmica da mente, para desenhar os pilares da mente estendida de Andy Clark, empurrando-nos para fora das amarras do cérebro, além de instaurar novos olhares e desafios para a cognição, para o mundo e para o nosso conhecimento sobre esses constructos.