Uma Abordagem Crítica da Educação Financeira na Formação do Professor de Matemática

Ref: 978-65-250-1789-1

Na última década, ganhou força a ideia de que a Educação Financeira é um componente importante na formação do cidadão brasileiro. Essa compreensão impulsionou a reflexão e a pesquisa em diversas áreas, culminando, inclusive, na presença desse tema no currículo escolar do país, conhecido como Base Nacional Comum Curricular (BNCC).


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1789-1


ISBN Digital: 978-65-250-1785-3


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 26/11/2021


Número de páginas: 259


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Karina Cancian Baroni.

2. Andrei Luís Berres Hartmann.

3. Cláudia Cristina Soares de Carvalho.

Na última década, ganhou força a ideia de que a Educação Financeira é um componente importante na formação do cidadão brasileiro. Essa compreensão impulsionou a reflexão e a pesquisa em diversas áreas, culminando, inclusive, na presença desse tema no currículo escolar do país, conhecido como Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

A BNCC aponta o professor de Matemática como um dos principais responsáveis por propagar a Educação Financeira na escola, visto que relaciona essa temática às habilidades e às competências matemáticas. Isso faz com que as discussões sobre a Educação Financeira sejam de interesse dessa disciplina e estejam presentes na formação do professor que a ensinará na educação básica.

Afinal, o que é a Educação Financeira? Por que os brasileiros precisam ter a abordagem dessa temática? Antes, ainda, de qual Educação Financeira precisam? Quais forças e interesses estão por trás desse esforço em fazer dela algo fundamental para a vida em sociedade? Como levar o tema para a escola?

O livro Uma abordagem crítica da Educação Financeira na formação do professor de Matemática traz algumas respostas para essas questões e discute possibilidades para o trabalho com essa temática nos cursos de licenciatura em Matemática, com futuros professores, na expectativa de que eles cheguem às salas de aula da educação básica com um repertório teórico e crítico para contribuir com a formação de um cidadão livre do aprisionamento financeiro e consciente da importância de valorizar práticas que visem à justiça social.