Dioniso Matuto: Uma Abordagem Antropológica do Cômico na Tradução de Acarnenses de Aristófanes para o Cearensês

Ref: 978-65-250-1862-1

Dioniso Matuto é uma poética da comédia antiga produzida pelo comediógrafo Aristófanes, que antecipa a filosofia platônico-aristotélica em conceitos fundamentais da arte poética. Os rituais dionisíacos agrários na Grécia Antiga e as Festas Juninas no Nordeste brasileiro, especificamente no Ceará, na cidade de Barbalha, com a Festa do Pau de Santo Antônio, são comparados, no reconhecimento dos seus traços estruturais comuns, por serem rituais agrários de fertilidade e manifestações espetaculares, âmbito de atuação do deus Dioniso. A tradução de Acarnenses de Aristófanes do grego antigo para o cearensês é o reconhecimento de que o Ceará cultiva a Musa da Comédia no próprio modo de falar.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 18,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1862-1


ISBN Digital: 978-65-250-1863-8


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 02/12/2021


Número de páginas: 171


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Maria César Pompeu.

Dioniso Matuto é uma poética da comédia antiga produzida pelo comediógrafo Aristófanes, que antecipa a filosofia platônico-aristotélica em conceitos fundamentais da arte poética. Os rituais dionisíacos agrários na Grécia Antiga e as Festas Juninas no Nordeste brasileiro, especificamente no Ceará, na cidade de Barbalha, com a Festa do Pau de Santo Antônio, são comparados, no reconhecimento dos seus traços estruturais comuns, por serem rituais agrários de fertilidade e manifestações espetaculares, âmbito de atuação do deus Dioniso. A tradução de Acarnenses de Aristófanes do grego antigo para o cearensês é o reconhecimento de que o Ceará cultiva a Musa da Comédia no próprio modo de falar.