Currículo e Políticas Curriculares na Perspectiva Histórico-Crítica: Ensino Médio e Química em Análise

Ref: 978-65-250-1618-4

O livro Currículo e políticas curriculares na perspectiva histórico-crítica: ensino médio e Química em análise traz os resultados de uma pesquisa na temática do currículo escolar na educação básica do país, temática muito cara para o cenário educacional brasileiro, sob a luz de um referencial teórico baseado na Pedagogia Histórico-Crítica e em seus fundamentos filosóficos do materialismo histórico-dialético. A obra dedica-se a analisar na perspectiva histórico-crítica o currículo e as políticas curriculares para educação básica no Brasil entre o período do início do século XX até as reformas mais atuais, materializadas na BNCC e na Reforma do Ensino Médio, em sua totalidade e na especificidade da disciplina de Química na etapa do ensino médio.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1618-4


ISBN Digital: 978-65-250-1631-3


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 06/01/2022


Número de páginas: 299


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Rafael Moreira Siqueira.

O livro Currículo e políticas curriculares na perspectiva histórico-crítica: ensino médio e Química em análise traz os resultados de uma pesquisa na temática do currículo escolar na educação básica do país, temática muito cara para o cenário educacional brasileiro, sob a luz de um referencial teórico baseado na Pedagogia Histórico-Crítica e em seus fundamentos filosóficos do materialismo histórico-dialético. A obra dedica-se a analisar na perspectiva histórico-crítica o currículo e as políticas curriculares para educação básica no Brasil entre o período do início do século XX até as reformas mais atuais, materializadas na BNCC e na Reforma do Ensino Médio, em sua totalidade e na especificidade da disciplina de Química na etapa do ensino médio. Esta leitura pretende, inicialmente, apresentar uma síntese a respeito da Pedagogia Histórico-Crítica, teoria pedagógica contra-hegemônica no campo educacional, especialmente em seus fundamentos no materialismo histórico-dialético e na psicologia histórico-cultural, apontando o foco do trabalho educativo na socialização dos conteúdos científicos, saberes elaborados histórica e coletivamente pela humanidade, papel fundamental na problemática do currículo, estabelecendo como princípios curriculares a categoria dos conteúdos clássicos e de seu sequenciamento e metodologia a partir da categoria do trabalho, de forma a obter um projeto de educação para a liberdade rumo a uma sociedade fundamentalmente emancipada. A partir de tais fundamentos, a análise dos movimentos curriculares no Brasil leva-nos a perceber a intensificação do favorecimento das elites e da formação das classes trabalhadoras para as necessidades do capital, sendo, nos últimos anos, tomada a partir da adoção do ideário neoliberal e suas vertentes, em especial a flexibilidade dos currículos e da aprendizagem e o multiculturalismo. Esta leitura apresenta-se como uma rica fonte de estudo e análise na perspectiva crítica para a temática do currículo, voltada para professores e pesquisadores das mais distintas áreas, em especial aqueles que se embrenham na área das Ciências da Natureza e da Química.