Diplomacia Presidencial de Epitácio Pessoa

Ref: 4211262

12 de novembro de 1930. Afastado das funções políticas e sob o calor da Revolução que levara Vargas ao Poder, Epitácio Pessoa remete de Paris telegrama ao chanceler Afrânio Melo Franco: Telegrama daí anuncia Embaixador Dantas será posto disponibilidade. Permita-me ponderar tal medida representaria dolorosa injustiça pessoal grande desserviço país. 


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 58,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-246-1


Edição: 1


Ano da edição: 2013


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 254


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Matheus de Medeiros Lacerda.

  • adicional
12 de novembro de 1930. Afastado das funções políticas e sob o calor da Revolução que levara Vargas ao Poder, Epitácio Pessoa remete de Paris telegrama ao chanceler Afrânio Melo Franco: Telegrama daí anuncia Embaixador Dantas será posto disponibilidade. Permita-me ponderar tal medida representaria dolorosa injustiça pessoal grande desserviço país. Embaixador Dantas ocupa aqui, como sabe, lugar excepcional relevo junto Governo seio corpo diplomático podendo mais que qualquer outro propugnar com êxito interesses Brasil. Quanto sua atitude face Revolução, posso atestar foi sempre, dentro natural discrição seu posto, da mais viva simpatia. Talvez por isto mesmo constava aqui Governo deposto cogitava substituí-lo após 15 novembro. Rogo, caso tenha fundamento telegrama, examinar cuidadosamente com Presidente informações contrárias provenientes talvez fonte interessada e que, seja como for, não podem ser verdadeiras. Saudações cordiais - E.P. Sousa Dantas permaneceria embaixador em Paris até 1944 e, graças a isso, pôde salvar muitos judeus e outros perseguidos pelos nazistas, com a emissão de vistos brasileiros. O episódio diz muito da personalidade e caráter de Epitácio Pessoa, estadista sempre sensível, assaz preocupado e jamais indiferente para com os interesses do Brasil e personagem principal da bela obra com que Matheus de Medeiros Lacerda presenteia o leitor interessado em política, diplomacia e relações internacionais.
Prof. Dr. Marcílio Toscano Franca Filho
Faculdade de Direito da Universidade Federal da Paraíba