“Odoiá, Minha Mãe!”: Desenhando as Danças de Iemanjá

Ref: 978-85-473-0929-9

Em Salvador, quatro mulheres filhas de Iemanjá são entrevistadas, desenhadas, filmadas e fotografadas dentro e fora de suas respectivas casas de santo, no propósito de oportunizar a emergência de suas histórias e também realçar a imagem de uma das mais admiráveis expressões religiosas e culturais do Brasil: o candomblé


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Código de barras: 978-85-473-0929-9


ISBN: 978-85-473-0929-9


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 197


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 3 cm


1. Flávio Cardoso dos Santos Junior.

Em Salvador, quatro mulheres filhas de Iemanjá são entrevistadas, desenhadas, filmadas e fotografadas dentro e fora de suas respectivas casas de santo, no propósito de oportunizar a emergência de suas histórias e também realçar a imagem de uma das mais admiráveis expressões religiosas e culturais do Brasil: o candomblé. Por meio de contornos, cores, formas e tons dos desenhos das danças de Iemanjá, o leitor pode conhecer melhor os enunciados corporais e demais elementos culturais ali presentes. Estes, por muito tempo, não tiveram visibilidade nas páginas da história do País, estando sempre à margem daquilo que o poder hegemônico ensejava, por pertencerem a uma das camadas dominadas, pouco abastadas e por isso donas de uma cultura silenciada ao longo do processo histórico brasileiro.