Era Uma Vez... Outra Vez: A Reinvenção dos Contos de Fada

Ref: 978-85-473-0229-0

O livro Era Uma Vez... Outra Vez pretende demonstrar ao leitor a importância dos contos de fada como fundamentais formas de conhecimento e ensinamento. Em uma sociedade que parece ter se esquecido dessas antigas narrativas e mesmo as desprezado como pensamentos inferiores ou "histórias de crianças", nota-se um fenômeno bastante curioso desde o início deste século, o qual a autora aponta como uma retomada dos contos maravilhosos. Isso porque, ao observar e mapear as produções cinematográficas lançadas desde 2001 até o presente ano, destaca-se uma série de filmes, animações e seriados televisivos relacionados a essa temática.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0229-0


ISBN Digital: 978-85-473-0229-0


Edição:


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 151


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Carolina Chamizo Henrique Babo.

O livro Era Uma Vez... Outra Vez pretende demonstrar ao leitor a importância dos contos de fada como fundamentais formas de conhecimento e ensinamento. Em uma sociedade que parece ter se esquecido dessas antigas narrativas e mesmo as desprezado como pensamentos inferiores ou "histórias de crianças", nota-se um fenômeno bastante curioso desde o início deste século, o qual a autora aponta como uma retomada dos contos maravilhosos. Isso porque, ao observar e mapear as produções cinematográficas lançadas desde 2001 até o presente ano, destaca-se uma série de filmes, animações e seriados televisivos relacionados a essa temática. Além disso, nestas páginas, o leitor ainda encontrará algumas interessantes observações sobre algumas dessas produções, consideradas aqui como reinvenções dos contos maravilhosos, com destaque para Star Wars, O Senhor do Anéis, O Hobbit, Harry Potter, Cinquenta Tons de Cinza e, mais especificamente, Crepúsculo. Essas "novas" histórias serão comparadas aos antigos contos de fada, na busca pelas semelhanças entre personagens ou temas, nos quais esses filmes foram possivelmente inspirados. A obra pretende ainda contribuir para demonstrar que os contos ancestrais encontram-se em todas as partes, mas, principalmente, dentro de cada ser humano. Se eles são, constantemente, aproveitados pelos produtos da indústria do entretenimento, é porque ainda têm algo muito importante a dizer. Algo que a humanidade precisa reaprender a ouvir. Por seu conteúdo atual, este livro torna-se uma excelente fonte de leitura para todos aqueles que se interessam pelas antigas e novas narrativas e que buscam compreender de que maneira esses temas arcaicos se mesclam e se entrelaçam às tendências culturais vigentes, para se reinventarem e continuarem existindo. Afinal, o reino muito distante e a galáxia muito distante não são tão diferentes assim, não é mesmo?