Espelhos, Reflexos, Reflexões

Ref: 978-85-473-0616-8

Vivências de aprisionamento decorrentes do mirar-se no espelho, levadas ao extremo no genial conto “Dentro de um espelho”, de Valiére Briússov, suscitaram o livro Espelho, Reflexo, Reflexões. Nele, extenuantes especulações imaginativas marcaram o ritmo dessas viagens sem roteiro. Perguntas que toda criança faz – Isso existe? É de verdade? – suscitaram amplas e labirínticas movimentações mentais no autor, decorrendo daí a “Existência”.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0616-8


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 168


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Luciano Marcondes Godoy.

Vivências de aprisionamento decorrentes do mirar-se no espelho, levadas ao extremo no genial conto “Dentro de um espelho”, de Valiére Briússov, suscitaram o livro Espelho, Reflexo, Reflexões. Nele, extenuantes especulações imaginativas marcaram o ritmo dessas viagens sem roteiro. Perguntas que toda criança faz – Isso existe? É de verdade? – suscitaram amplas e labirínticas movimentações mentais no autor, decorrendo daí a “Existência”.

O autor acrescenta ao modelo Fases de Desenvolvimento da Libido, de Freud, a fase que, na sequência oral-anal-fálica-genital, mereceria o nome de fase transcendental. Apresenta-a em “Mistérios, além do mundo dos fenômenos”. Nessas considerações, entende que haveria necessidade premente da verticalização da psicanálise, o que se daria por sua transcendência, fator fundamental em sua humanização. 

Em “Psicose branca, excelência em malignidade devastadora”, propõe a necessidade urgente de a psicanálise lançar seu olhar para a psicopatia, dada a sua destrutividade, determinante da terceira guerra mundial que estamos vivendo: a corrupção.

Em “Crises, propulsão para uma nova dimensão de mundo”, o olhar do autor torna-se otimista, ao acreditar em uma constante transformação evolutiva do mundo.

Esta coletânea de textos, escritos em diferentes épocas, é expressiva de sentimentos e questionamentos do autor, flashes de sua visão de mundo.