Ditadura no Brasil e Censura nas Canções de Rita Lee

R$52.00

Rita Lee foi a compositora mais censurada do Brasil, e essa perseguição estendeu-se do período do estabelecimento da Ditadura Militar – 1964 – no de seu fortalecimento com a promulgação do Ato Institucional número 5, em 1968, e continuou mesmo depois da redemocratização do país, em 1985. Teve inúmeras letras proibidas, em função de, principalmente, “atentarem contra a moral e os bons costumes”. A repressão à sua arte evidencia o fato de comportamentos e posturas libertárias serem sempre ameaçadores, independentemente dos contextos políticos nos quais se insiram, ainda mais se oriundos da escrita feminina, interditada há muitos séculos em sociedades machistas.

AUTORES

Informação adicional

Peso 300 g
Dimensões 21 × 14.8 × 2 cm
ISBN

978-85-473-3033-0