Flor de Canoeiro

R$44.00

O que na vida permanece? A impermanência, talvez. E quando se trata de um trabalho poético, haveria formas e lugares definitivos para o entrelaçamento das palavras? Os poemas e crônicas em Flor de Canoeiro apresentam-se como entidades mutantes de vida própria. Por critérios predominantemente intuitivos, o autor relê seus escritos de outros tempos, alguns ainda da adolescência, e os interpreta e elabora tal como hoje sente, tal como hoje vê. Essa libertação das regras da cristalização do texto original tem essência na própria noção de vida do autor, que abraça o caminho flexível em detrimento da rigidez imóvel que contraria a natureza observável dos princípios vitais.

AUTORES

Informação adicional

Peso 300 g
Dimensões 21 × 14.8 × 0.6 cm
ISBN

9786525042688

Páginas

63