Gramsci e Michels: Intelectuais, Partidos e Oligarquização

R$56.00

Bons livros de história do pensamento político são aqueles que ajudam a desfazer equívocos ou lugares comuns. É o caso do livro de Renato Fernandes que o leitor tem agora em mãos. A investigação que lhe deu origem se insere em um programa de pesquisa amplo e abrangente, que procura revelar as fontes do pensamento gramsciano, reconstruindo o ambiente intelectual no qual foram gestados os Quaderni del carcere. […] Como se tornará evidente nas páginas deste livro, a metáfora do moderno Príncipe ocupava um lugar importante na teoria gramsciana dos partidos políticos […]. O tema é de grande atualidade. A trajetória dos partidos comunistas no decorrer do século XX parece con rmar de maneira inapelável a lei de ferro da oligarquização. A crítica gramsciana a Michels oferece um antídoto poderoso. Ela lembra-nos de que se o moderno Príncipe expressar uma nova forma de absolutismo, ele nunca será capaz de realizar uma reforma intelectual, uma nova forma de civilização.
(Trecho do prefácio de Alvaro Bianchi)

AUTORES

Informação adicional

Peso 300 g
Dimensões 21 × 14.8 × 1 cm
ISBN

978652504032-5

PÁGINAS

169